Land Lousã


PRAIAS E LOCAIS FLUVIAIS SERRANAS – ALGUMAS SUGESTÕES by Parola Gonçalves
03/08/2010, 15:07
Filed under: LANDLOUSÃ

Boas.

Por motivos profissionais, tenho percorrido a zona entre Lousã e Colmeal no concelho de Goís, subindo pelo  bonito Vale do Alto Ceira.

Assim, entendi por bem pegar no GPS e mesmo sem parar, marcar pontos de “Praias Fluviais” ou de “Locais Fluviais”, para tomar um bom banho. Uns são mais movimentados outros não e nestes estão incluídos os “Locais Fluviais”.

O “Local Fluvial” da Cortecega tem um pequeno track anexo. Só lá chega, quem se deslocar a pé, de 4×4 ou de mota de enduro ou moto 4. Tem de seguir o track, ou então entra por uma zona densa de acácias e abre clareira e foi isso que aconteceu ao “SAvimbi”, que abriu clareira para gozo do Ti Bré que ia a conduzir.

Pontos e track em GPX, AQUI

Alojamentos e Comeres, AQUI.

Aconselho uma visita as aldeias do Xisto da Serra da Lousã, mais informação AQUI.

Boa viagem. Informações em landlousa@gmail.com

Inté.

Anúncios

6 comentários

Nem de propósito! 🙂
Como no FDS de 15 Agosto vamos andar por aí e o pó vai levantar, nada melhor do que ficar de molho nessas águas puras!

Comentar por Miguel Freitas

Boas.Aconselho o Local Fluvial da Cortecega, o que tem o track e em alternativa a Praia Fluvial do Colmeal, onde podem fazer uma incursão ao Museu do Soito e do Fajão. Podem terminar com um excelente cabrito no forno no Restaurante Pascoal em Fajão.
Inté

Comentar por Parola Gonçalves

Pessoalmente a da Bogueira, menos sossegada, e a do Poço de Corga, com água gelada, impressionaram! Estão boas, as meninas estão muitíssimo boas. São os ares da serra

Comentar por paulobre

Boas.
Bré, Tu nem sabes nadar, só sabes mirar.
Inté

Comentar por Parola Gonçalves

Olá Amigos!
Em algum desses sítios é possível montar barraca durante um ou dois dias sem levantar problemas?

PS. Já estou em Portugal Parola. 🙂

Abraços

Comentar por Francisco Fernandes

Boas.
Penso que no Colmeal é possível ficar sem grandes problemas, bem como na Cabreira.
Inté

Comentar por Parola Gonçalves




Os comentários estão fechados.