Land Lousã


TRAVESSIA DE LOUSÃ A CIUDAD RODRIGO – PRIMAVERA DE 2011 by Parola Gonçalves
29/09/2010, 22:40
Filed under: PASSEIOS E AFINS

Boas.

Já está em preparação uma Travessia que una a Lousã a Ciudad Rodrigo, por Todo Terreno e em Autonomia Total, ainda em 2010.

Vou propôr um data na Primavera, da qual daremos conhecimento oportunamente.

Pelo que já recolhemos de Passeios realizados em anos anteriores, já temos track’s fiáveis, para unir a Lousã a Ciudad Rodrigo, passando, por uma sequência de Marcos Geodésicos, que, serão as nossas referências na fase de marcação ou validação do percurso.

Piodão, Vide, São Romão, Sabugueiro, São Lourenço, Covão da Ponte, Asse Dasse, Videmonte, Guarda, Rochoso e Vilar Formoso, serão pontos de interesse a visitar, havendo ainda a alternativa de Piodão a Unhais da Serra, Poço do Inferno, Manteigas e depois a sequência de Covão da Ponte até Vilar Formoso.

Fica mais uma iniciativa LandLousã.

Qualquer informação landlousa@gmail.com

Inté

Anúncios


Oregon Custom Map Fixer: Criar mapas raster para Garmin em dois “cliques” by joaocarloscardoso
26/09/2010, 20:05
Filed under: CARTOGRAFIA, MAPSOURCE

Com o Oregon Custom Map Fixer é possível em poucos passos criar mapas raster para os dispositivos gps COLORADO/OREGON/DAKOTA da GARMIN (Garmin Custom Maps).

Este produto, desenvolvido com a ajuda do autor de um produto mais completo e que já aqui demos conta (o MAPC2MAPC), pode ser descarregado a partir da seguinte hiperligação:

http://sites.google.com/site/mrvogel/Files/OregonMapFixer.zip

O produto tem um interface muito simples e é quase todo ele ocupado pela área dedicada à manipulação da imagem a georreferenciar e a gerar como mapa.

São suportadas imagens em diversos formatos gráficos ( jpeg, bmp, tiff, png).

Bem! “dois cliques” do ponteiro rato nesta aplicação significam então uma operação bem rápida:

  • A sequência de teclasCtrl-O abre a imagem;
  • Premir a tecla A, depois posicionar o ponteiro do rato sobre o ponto a georreferenciar e premir o botão esquerdo rato, permite escolher o primeiro ponto do mapa a georreferenciar;
  • A seguir, premir sequência de teclas Shift-A para carregar as coordenadas do primeiro ponto.

É possível, pois, precisar a localização do ponto através do carregamento directo das coordenadas (latitude/longitude). Este processo terá que ser repetido para o utilizador poder georreferenciar o segundo ponto. Assim, o utilizador deverá, novamente,

  • Premir a tecla B , depois posicionar o ponteiro do rato sobre o ponto a georreferenciar e premir o botão esquerdo rato, o que lhe permite escolher o segundo ponto do mapa a georreferenciar;
  • Premir a sequência de teclas Shift-B para carregar as coordenadas do segundo ponto.

O mapa está agora pronto a ser gerado. Para tal basta carregar no botão “Make Map” ou premir a tecla M. O mapa (no formato .kmz) será gerado e armazenado na pasta onde se encontra e a partir da qual é executada a aplicação Oregon Custom Map Fixer.

Caso pretenda reiniciar o processo de georreferenciação de uma imagem basta carregar no botão “Restart”.

Algumas das características de exportação podem ser definidas logo por omissão, afectando os mapas a produzir, de modo a torná-los conformes com as especificações da Garmin. Aquelas, são definidos na janela “Options”, acessível a partir do botão com o mesmo nome.

Atenção, que neste formato será gerado um ficheiro .KMZ por camada, contendo até um máximo de 100 imagens/fracções no formato JPEG. Dado que a Garmin define como dimensão máxima para as imagens constituintes de um “Custom Map” 1024×1024 pixéis, as imagens são automaticamente redimensionadas sempre que se revelarem maiores. O número e a dimensão das imagens/fracções são manipuladas ao nível da janel “Opções”.

O Oregon Custom Map Fixer contempla ainda algumas funcionalidade que vão para além da simples  conversão, como o controlo da “ordem de desenho” (draw order) ou a criação de mapas transparentes, os quais podem ser carregados sobre outros mapas (do tipo “topo” ou “city”).

O valor especificado na opção “Ordem de Desenho” que se encontra na caixa de diálogo de opções de funcionamento da aplicação, controla a sobreposição do mapa no dispositivo GPS face aos outros mapas que existam activos. Assim:

  • Se o valor especificado na opção “Ordem de Desenho” for igual ou superior a 50, este mapa será desenhado sobre os outros mapas;
  • Se o valor especificado for inferior a 50, o mapa será desenhado apenas sobre objectos do tipo terra, água e áreas, mas não sobre estradas, linhas ou contornos de profundidade de outros mapas.


TRAVESSIA DO OCIDENTE (FIGUEIRA DA FOZ) A ORIENTE ( VALLE DA VENTA) FINAL by Parola Gonçalves
26/09/2010, 17:00
Filed under: PASSEIOS E AFINS

Boas.

Mais uma Travessia realizada, com muito Todo Terreno para todos os gostos.

A 1ª etapa foi da Lousã a Janeiro de Baixo via Troço de Cacilhas e terminou no Parque de Campismo de Janeiro de Baixo.

Track da 1ª etapa, AQUI.

A 2ª etapa teve início no Parque de Campismo de Janeiro de Baixo, começando o Todo Terreno em Cambas, terminando em Valle da Venta, Espanha. è uma etapa fabulosa, com mais de 95% em todo terreno, salientado os Trilhos da Serra da Gardunha. Chamo a atenção para o corta-fogo assinalado neste track, bem como no acesso a sob a passagem da linha férrea.

Track da 2ª etapa, AQUI.

Os Parques de Campismo de Janeiro de Baixo e Freixial em Penamacor, reunem as condições todas. São modernos e asseados, tendo o 1º bungalows e o 2º piscina. Ambos têm localizações privilegiadas.

Bons trilhos.

Inté



V ENCONTRO NACIONAL DEFENDER by Parola Gonçalves
24/09/2010, 13:16
Filed under: E N DEFENDERS

Boas.

A alteração da data está confirmada, bem como o local, seja o Encontro será realizado nos dias 29, 30 e 31 de Outubro, no Aeródromo da Lousã.

O Programa Final, ajustado a nova data é o seguinte.

  • 29 De Outubro

                18.00 Horas – Abertura do Secretariado;

                23.30 Horas – Encerramento do Secretariado;

  • 30 De Outubro

                8.30 Horas – Abertura do Secretariado;

                10.30 Horas – Workshop de Mecânica, sobre Programação nos Defenders Td5,              ministrado por Luís Proença;

                12.30 Horas – Workshop sobre Mobile Atlas Creator, ministrado por João Cardoso;

                14.00 Horas – Abertura da Pista Natural de Obstáculos;

                14.30 Horas – Drag Race Land;

                16.00 Horas – G4;

                16.30 Horas – Pulling Defender;

                17.30 Horas – Defender na Box;

                19.30 Horas – Lotação Esgotada Defender;

                20.00 Horas – Grelhada END;

                22.00 Horas – Percurso Nocturno com visita ao Memorial Vasco Lima “Xanoc”;

                24.00 Horas – G4 Nocturna;

  • 31 De Outubro

                10.00 Horas – Abertura da Pista Natural de Obstáculos;

                13.00 Horas – Encerramento do END.

Nota: O Passeio por Caderno de itinerários e O Desafio de Navegação e Orientação é livre e pode ser efectuado no horário previsto para abertura e fecho das actividades dos dias 30 e 31.

Inté

Qualquer informação deve ser solicitada para landlousa@gmail.com.



TÚNEL GHAR ZA’BEL VERSUS LEGIONÁRIO by Parola Gonçalves
23/09/2010, 09:59
Filed under: MARROCOS

 

              O Túnel do Legionário também chamado de Túnel Ghar Za’Bel, fica na famosa N 13, antiga P 21 entre Rich e Ar-Rachidia.

                Esta obra de engenharia foi realizada pela Legião Estrangeira durante a vigência de Protectorado Francês em Marrocos, para permitir o avanço das tropas para as regiões mais a sul e sudeste.

                Este Túnel foi escavado na  rocha calcária à “pá e pica” e tem aproximadamente 50.00 mts de comprimento, 10.00 mts de largura e cerca de 10.00mts de altura.

                 Hoje, o Túnel mantém as características originais, pese embora algumas adaptações ao tráfego actual, nomeadamente às regras de trânsito.

                O Túnel abre-se como que uma porta para as Gargantas do Ziz, fazendo como que de repente, fossemos contemplados com uma paisagem fantástica de palmeirais, Kasbah’s e vales profundos.

                A sua importância estratégica advém do facto de permitir uma rápida ligação entre o norte e o sul de Marrocos, pelo que durante todo o ano é vigiada por soldados, como ponto estratégico que é segundo as normas do Reino de Marrocos.

                Logo a saída do Túnel, para quem segue para o sul, há um Miradouro com vistas para o Oued Ziz, bem como um Aubergue para ficar.

                 A localização GPS é 32º 10,001 N 04º 22,003W.

                Fica mais esta sugestão LandLousã.

Uma foto do Nuno Santos da nossa passagem pelo Túnel a caminho de Merzouga em que o Defender Td5 do Fredy Malta torna o Túnel mais espectacular, ehehehhe.



BA HALLOU/LOST CITY VERSUS HASI BA HALLOU/CIDADE PERDIDA by Parola Gonçalves
22/09/2010, 08:39
Filed under: MARROCOS

                                                                                                                                              

Ba Hallou ou Hasi Ba Hallou também conhecida por Lost City ou “Cidade Perdida”, não é mais que umas ruínas de uma fortaleza que protegia a entrada para o Oásis Mharech e o seu Poço Perdido, no Plateaux Nou Haouar.

 A localização GPS é 30º 49,441’ N e 04º 27,121’ W.

 Hoje, é ainda possível observar algumas torres de vigilância, pequenos troços de muralhas e a métrica das divisões do antigo forte no seu interior.

 A sua localização estratégica, estava delimitada por amplo rio de areia o Oued M’birika, e por um conjunto de montanhas usual para este tipo de forte ou fortaleza. O controlo das caravanas e o ataque das tribos inimigas era assim fácil de observar e vigiar.

 Ba Hallou, está a cerca de 15 Kms de Remlia e a mesma distância do Oásis Mharech. O acesso a Ba Hallou, pode ser feito por nordeste pela Pista de Merzouga, pelo norte desde Rissani ou ainda pelo noroeste por Fezzou.

A ligação de Ba Hallou a Oásis Mharech, pode ser feita por uma pista que atravessa o Oued Rheris, em que a navegação se pode tornar mais exigente se optar em seguir pelo caminho mais curto. Os Tracks podem ser descarregados através deste Link.

Bons trilhos.



ENCONTRO DOS CASTANHEIROS 2010 – 13 de NOVEMBRO by Parola Gonçalves
21/09/2010, 09:14
Filed under: PASSEIOS E AFINS

A Serra da Lousã está cada vez mais linda, com um vários contrastes de verde, permitindo apreciar a sua beleza natural.

Os castanheiros estão repletos de castanhas, a convidar uma ronda pelos trilhos mais carismáticos da Serra da Lousã.

Devido às condicionantes da circulação na Serra da Lousã, vamos seguir pelos Caminhos Florestais “abertos”, procurando as manchas de castanheiros mais robustas e significativas. Para isso vamos solicitar apoio a pessoas conhecedoras da Serra da Lousã, como antigos residentes das Aldeias ou Guardas Florestais, que nos indiquem as melhores manchas de castanheiros. Pretendemos ainda não circular pelas zonas mais sensíveis da Serra, respeitando as normas e imposições, como circular em corta-fogos.

Algumas Aldeias do Xisto estarão no nosso caminho, bem como a Loja do Xisto do Candal, onde podemos retemperar forças e apreciar a requalificação do Lugar. Se possível, já que não é aconselhável neste tipo de Passeios, iremos visitar a Aldeia do Xisto da Cerdeira e as ruínas da Aldeia do Xisto do Franco de Cima.

Vamos promover um Desafio Fotográfico a todos os intervenientes no Passeio, realizando depois uma Exposição Fotografica na Lousã, solicitando para isso o Hall da Biblioteca Municipal da Lousã.

A data prevista será o dia 13 de Novembro e o Programa detalhado será apresentado em breve.

Vá estando atento.

Inté




%d bloggers like this: