Land Lousã


Bit Map: Navegação 4×4 em iPhone ou iPad (Parte I – Apresentação e características) by joaocarloscardoso
07/11/2010, 20:33
Filed under: CARTOGRAFIA, OZIEXPLORER/COMPEGPS

OziExplorer CE em iPhone? Bem… Ainda não, apesar da pressão da comunidade de utilizadores australianos!

Enquanto não chega o Ozi Explorer CE para dispositivos iOS  (iPhone ou iPad), os utilizadores destes podem recorrer actualmente ao Bit Map, o que lhes permite usufruir em navegação do processador de GPS e de um monitor de boa resolução gráfica e dimensões “generosas”.

O Bit Map, tal como sucede em aplicações Apple, pode ser descarregado a partir da App Store (http://itunes.com/apps/bitmap) e tem um custo de 2,39 €.

O Bit Map é uma aplicação que utiliza imagens em formato digital (tipo raster) como fundo, permitindo a navegação, a visualização e modificação de dados do GPS, a criação de Rotas, Waypoints e Tracks.

Trabalha com mapas calibrados pela aplicação OziExplorer (ficheiros no formato .map), disponível para PC’s, pelo que quase pode ser considerado um add-on daquele último.

Ao contrário do que sucede com o OziExplorerCE  o Bit Map reconhece vários formatos de ficheiros gráficos. O formato JPEG é mesmo o preferido, dado que a possibilidade intrínseca de compressão reduz os tempos de carregamento da imagem. É de notar que o Bit Map converte internamente todos os mapas que recebe para o format JPEG e, nesse mesmo processo, recorre a opções de elevada compressão. Internamente, assim que é descarregado um mapa para o iPhone ou iPad, a aplicação Bit Map divide e comprime a imagem em fracções, mais rápidas de carregar pelo dispositivo.

O Bit Map suporta os seguinte formatos gráficos:

  • OziExplorer 2 (OZF2) .ozf2
  • Tagged Image File Format (TIFF) .tiff, .tif
  • Joint Photographic Experts Group (JPEG) .jpg, .jpeg
  • Graphic Interchange Format (GIF) .gif
  • Portable Network Graphic (PNG) .png
  • Windows Bitmap Format (DIB) .bmp, .BMPf (embora não recomendado)
  • Windows Icon Format .ico
  • Windows Cursor .cur
  • XWindow Bitmap .xbm
  • Portable Document Format (PDF) .pdf

 

A dimensão do mapa é apenas limitada pela memória e capacidade de armazenamento do dispositivo.

O Bit Map funciona em modo “offline”, isto é, funciona em zonas sem cobertura de rede telefónica (GSM, 3G, HSDPA ou 4G) ou rede WiFi. Tal torna-o ideal para actividades de exterior (outdoor), como sejam o todo-terreno, caminhada ou ciclismo.

Funcionalidades básicas de navegação são disponibilizadas, tais como:

  • Leitura em tempo real da posição sobre o mapa;
  • Procura do mapa mais detalhado;
  • Armazenar (log) dos pontos de localização fornecidos pelo receptor GPS à medida que o utilizador se desloca, criando o trajecto percorrido (track log);
  • Importação (a partir do formato KML) e visualização de pontos de interesse (waypoints) e rotas.

 

Sempre que o Bit Map tem activada a funcionalide de leitura da posição em tempo real e se encontra ligado a uma fonte de alimentação é desactivado o modo de suspensão do dispositivo.

Embora o Bit Map permita visualizar mapasconstruídos a partir de qualquer sistema de projecção, as funções de localização e navegação em tempo real apenas estão disponíveis para os seguintes sistemas de proejecção:

  • UTM (Universal Transverse Mercator);
  • latlon (Latitude / Longitude).

 

Também a lista de datums (definições matemáticas da forma da Terra, ou elipsoide, combinadas com o offset relativo da origem do elipsoide a partir de um ponto conhecido) é limitada. Os datums suportados pelo Bit Map são os seguintes:

  • wgs84
  • wgs72
  • nad27
  • nad83
  • a-can
  • eur
  • tokyo
  • aus
  • osgb36
  • sam69
  • sad-69
  • pulkovo
  • eur50
  • eur79
  • agd66
  • agd84
  • gda94
  • grs80
  • rome40
  • sasia
  • s-42
  • potsdam
  • carthage
  • pulkovo
  • oid

Ficam aqui duas imagens da utilização do Bit Map num iPhone 3G com o modo de navegação activo.  A primeira utiliza uma carta militar calibrada para o datum wgs84 a partir do MAPC2MAPC e a segunda um ortofoto retirado do Mobile Atlas Creator (agora imaginem as mesmas imagens num monitor com as dimensões do iPad!)

Na segunda parte deste artigo iremos explorar questões relacionadas com a operação do Bit Map, tratamento e carregamento de mapas.

Anúncios

4 comentários

Muito bem Mestre, sempre em altas, a app que muita gente andava a procura.
Obrigado

Comentar por Ricardo Batista

Boas.
O John Cardozo é que é o mentor destas coisas, é uma autêntica toupeira.
Inté

Comentar por Parola Gonçalves

Pois, mas como tenho que trabalhar com um iPod “emprestado” (ainda por cima com curriculum em TT, pois já levou com um jipe em cima) vou ter que pagar bem! Como diz bem “O poder está na ministra”! eh eh

Comentar por joaocarloscardoso

Boas a todos,
apesar de ter a máquina em meu poder empresto de bom grado para estas investidas…até porque um iphone TT tem que saber navegar e orientar-se por esses trilhos fora…John, em casa falamos! Hehehe!
Fiquem bem! Inté!

Comentar por Ana França




Os comentários estão fechados.